domingo, 18 de dezembro de 2011

Passos Coelho aconselha professores a emigrar



Não, obrigada!
Imagino que pensou nas consequências dessas afirmações, mas não parece!
E... desejo que os próximos governantes não tenham para consigo a mesma atitude, ou seja, quando o senhor for Ex-PM, lhe não apontem o caminho da emigração como futuro, tendo em conta que a política nacional, eventualmente, o não possa absorver nessa altura. Tenho a certeza que o senhor Ex-PM, apesar de tudo, preferirá decidir o seu futuro pela sua cabeça, mesmo que ela esteja turva e exausta, como a de muitos cidadãos estão neste momento, nomeadamente a de muitos funcionários públicos, entre os quais se incluem professores, fruto das loucuras de vagas sucessivas de governantes inexperientes, experimentalistas e, alguns, diga-se em abono da verdade, só ao nível do totalmente indesejável e inenarrável!
Pensa que alguém precisa de conselhos desse género?!... Imagina, porventura, que essas e outras tantas desgraças não passaram já pela cabeça de todos?...

Pensões serão cortadas a metade daqui a 20 anos

Se só vou receber metade daqui a 20 anos, quem me autoriza, a partir de agora, a só fazer metade dos descontos previstos, de modo a acautelar o meu futuro? É que eu sei onde posso investir esse dinheiro e, honestamente, não me apetece andar mais 20 anos a descontar para pagar as loucuras dos outros, nomeadamente reformas douradas de 10.000 euros ou mais e acumulações de benesses para além do humanamente compreensível!... Aprecio a honestidade do discurso de PC, mas deixem-me tratar dos meus juntamente com os outros, ou então estão a gozar com a minha/nossa cara!...

quinta-feira, 17 de novembro de 2011